15/06/11

110. i miss you


"I can honestly say you've been on my mind. Since I woke up today. I look at your photograph all the time. These memories come back to life. I remember when we kissed, I still feel it on my lips. The time that you danced with me with no music playing. I remember the simple things. I remember until I cry. | You used to call me your angel, said I was sent straight down from heaven, you'd hold me close in your arms, Ilove the way you felt so strong. I wanted you to stay here holding me. I miss you. I miss your smile. And I still shed a tear every once in a while. You're still here somehow. My heart won't let you go and I need you to know. I miss you."

Não me quero prolongar mas as minhas palavras não são, de todo, fáceis de controlar.
Eu tenho imensas saudades tuas e tudo se desenrolará a partir deste triste e fulcral ponto.
Deitados naquele negro e macio cobertor, rodeados e debaixo do arvoredo natural, já estivemos nós. Juntos, de mãos dadas, a falar do nosso futuro, enquanto uma brisa fresca de primavera nos embalava. A música tocava, e todo o nosso amor se concentrava num pequeno ponto daquele enorme parque. Mas secalhar o ponto mais feliz. Inúmeras vezes me tocavas no rosto e me beijavas, transportando-me para um mundo que não sei onde fica nem de que cor é, apenas sei que é dos melhores sítios onde já permaneci. Depois abraçavas-me, fazendo-me sentir segura. E ficávamos assim. Tinha tudo o que queria: o meu homem ao meu lado. Lembro-me que com a paixão que irradiávamos eu cheguei a derramar lágrimas, pois sou intensamente sensível e apaixonada. 
Neste preciso, e em todas as noite que passo sem ti, eu também derramo lágrimas. Mas estas são lágrimas diferentes e pesam muito mais na minha face. São lágrimas que choram e que gritam pelo teu nome, tal como o meu pequeno e rouco coração. Eu honestamente te digo que permaneces na minha mente, desde que eu acordo e todo o resto de dia. As memórias do passado atrasam o meu relógio e o tempo parece não passar. Com as poucas forças que tenho, seguro-me no parapeito da janela e olho para o horizonte. Peço aos quatro ventos que te tragam para junto de mim. Enquanto espero as poucas forças que me restavam são devoradas pela saudade e, já fraca e vulnerável, deparo-me com a negação do meu pedido. 
Já consumida por forças superiores e devastadoras, e sem ti, minha cura, eu morro.
Eu tenho imensas saudades tuas e tudo se resumiu a partir deste triste e fulcral ponto.
I miss you and I love you (a lot).



Su'hGonçalves, estreia em "i miss you"

33 comentários:

  1. Aww, és tao querida :'$
    Tenho mesmo muitas saudades tuas :''c
    Queria tanto esses momentos :'3
    Contigo tudo é tão perfeito, estou ai à tua beira, a deixar-te bem, sentiste o beijinho? <3
    Eu amo-te mesmo mas mesmo muito, contigo, vai ser para sempre minha princesa ♥

    Saudades tuas :''c

    ResponderEliminar
  2. Tens aí um bocadinho da música que eu mais gosto da Miley :)*

    ResponderEliminar
  3. João Reis: eu amo-te tanto :'$ já falamos amor :3
    és a minha vida !

    Ana: qual é, primeira ou segunda parte :o ?

    ResponderEliminar
  4. Obrigada por todas as palavras minha querida, mesmo.
    Adorei o texto, está mesmo lindo!

    ResponderEliminar
  5. Olá querida *

    Quero-te convidar a visitar o meu recente blog de venda de bijuteria vintage:

    www.bijouwithlove.blogspot.com

    Beijinhos :)
    Marisa

    ResponderEliminar
  6. está normal minha querida mas, mt obrigada :)

    ResponderEliminar
  7. Saudades, quem não sente?!

    Como gostei *.*

    ResponderEliminar
  8. às vezes duvido das minhas próprias capacidades s:
    mas, obrigada do fundo do coração(L)

    ResponderEliminar
  9. Marisa: vou visitar :)

    PR: obrigada :)

    Carina: acredita :)

    MartaSousa: de nada querida :)

    Alguém: é verdade, todos sentimos saudades e doí bastante :s

    Telma Palma: obrigada :)

    Tânia Lopes: de nada, mesmo :)

    A minha essênica: amor ? :o

    ResponderEliminar
  10. oh que querida, tá super giro *

    obrigada :)

    ResponderEliminar
  11. Então parece que não fui o único a chorar enquanto o escrevi :$ É bom saber, é bom!

    Há sempre um determinado ponto, uma determinada acção, um único olhar que nos compromete o coração por tempos permanentes e indeterminados! É impressionante o poder do amor!
    Gostei imenso e espero que consigas matar o raio da saudades! <3

    ResponderEliminar
  12. Muito obrigado x)
    Também te segui, muito bom blog! :D

    ResponderEliminar
  13. além de adorar a musica, adorei o texto.
    escreves tão bem :') continúa fofinha *

    ResponderEliminar
  14. Nokas: obrigada :)

    Paulo Silva: acredita, o teu texto está fenomenal. E eu vou matar estas saudades em breve :) !

    DianaSoares: obrigada :$

    Inês: Obrigada :)

    RicardoRodrigues: de nada e muito obrigada :)

    Nii: que linda, obrigada :)

    -O que quer que seja, vem de dentro: obrigada pelos elogios. não vou parar ! :)

    ResponderEliminar
  15. por vezes é difícil suportar certas coisas :$
    muito obrigada pela força! *-*

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita :)
Diz-me tudo o que me tens a dizer ♥ :

para comentares e/ou citares sugestões clica no título do post. obrigada.